PROVEDOR DE JUSTIÇA CONSIDERA POSITIVO ACOMODAÇÃO DOS RECLUSOS NO HUAMBO

PROVEDOR DE JUSTIÇA CONSIDERA POSITIVO ACOMODAÇÃO DOS RECLUSOS NO HUAMBO

A

2011-07-15

Huambo – O provedor de Justiça, Paulo Tjipilica, considerou quarta-feira, na cidade do Huambo, positivo as condições de acomodação, alimentar, saúde e sanidade dos reclusos do estabelecimento prisional desta urbe, pautando pelo respeito dos direitos humanos dos cidadãos em conflito com a lei.

“Constatei alguns aspectos positivos e negativos, e notei que os reclusos têm direito a três refeições/dia, apresentam boa aparência de sanidade e eles foram unânimes em reconhecer os esforços do executivo na melhoria das suas condições”, destacou.

O facto foi manifestado pelo provedor de Justiça no final da sua visita de constatação do actual estado de funcionamento do estabelecimento prisional do Huambo, onde ressaltou como outro ponto positivo a dinâmica dos magistrados do Ministério Público, que pontualmente efectuam contactos com a população penal, o que contribui na redução de casos de excesso de prisão preventiva.

Paulo Tjipilica realçou que um dos aspectos negativos são as infra-estruturas, pois precisam de melhorias.

Durante a sua visita, Paulo Tjipilica explicou à população penal sobre o papel da Provedoria de Justiça.

O estabelecimento prisional do Huambo controla mais de 697 reclusos de ambos os sexos.

O programa de visita do provedor da Justiça prevê uma deslocação aos municípios do Mungo, Bailundo e Caála.


Fonte: Angop.

 

 

Anterior PROVEDOR AVALIA DEFESA DOS DIREITOS DOS CIDADÃOS NO UÍGE

Deixe o seu comentário

O Provedor de Justiça é uma Entidade Pública Independente do Estado…

Acesso Rápido

Relações Internacionais

© 2022 Provedor de Justiça de Angola - Todos os direitos reservados

wpChatIcon