PAULO TJIPILICA PARTICIPA NO VII CONGRESSO DOS OMBUDSMANS FRANCÓFONOS

PAULO TJIPILICA PARTICIPA NO VII CONGRESSO DOS OMBUDSMANS FRANCÓFONOS

A

2011-11-24

Luanda – O Provedor de Justiça de Angola, Paulo Tjipilica, participou de 15 a 18 do presente, em Luxemburgo, no VII Congresso da Associação dos Ombudsmans, Mediadores Francófonos (AOMF), que elegeu o Senegal a presidência do grupo.
 
Em declarações à Angop a sua chegada a Luanda, Paulo Tjipilica que é igualmente presidente da Associação dos Ombudsmans, Mediadores ou Provedores de Justiça Africanos (AOMA), disse que o encontro tratou de assuntos correntes da organização, bem como da relação entre os países africanos e a Europa, tendo culminado com a eleição do Senegal.
 
“No encontro, tivemos também a oportunidade de falar do que ocorre a nível desta presidência africana, que vem crescendo nos últimos tempos”, referiu.
 
De Luxemburgo, Paulo Tjipilica seguiu para Portugal, onde efectuou uma visita de trabalho de quatro dias, no âmbito do reforço das relações de cooperação entre os dois países.
 
“Em Lisboa pude analisar com o meu homólogo a necessidade de se sensibilizar os restantes Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (Palop), para a constituição da figura do provedor de justiça, uma vez que, presentemente, só Angola tem um provedor, apesar de Moçambique e Cabo-verde possuírem já a legislação”, informou.

A presidência da AOMA foi outorgada a Angola no decorrer da IIIª Assembleia-Geral da AOMA realizada em Luanda, em Abril de 2010, para um período de quatro anos.
 
Compõe a Associação dos Provedores de Justiça Africanos 36 estados, sendo Angola o único membro dos Palop que integra o grupo.


Fonte: Angop

Anterior OBRA DE UM JURISTA ANGOLANO SOBRE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Deixe o seu comentário

O Provedor de Justiça é uma Entidade Pública Independente do Estado…

Acesso Rápido

Relações Internacionais

© 2022 Provedor de Justiça de Angola - Todos os direitos reservados

wpChatIcon