PNUD-Angola capacita quadros da Provedoria de Justiça em questões processuais e dimensão humana

PNUD-Angola capacita quadros da Provedoria de Justiça em questões processuais e dimensão humana

PNUD-Angola capacita quadros da Provedoria de Justiça em questões processuais e dimensão humana

Arrancou hoje, quinta-feira 1, o ciclo de formação de dois dias, sobre o “Sistema de Gestão de Queixas: das Questões Técnicas e Processuais à Dimensão Humana e Relacional”.

De acordo com a Provedora de Justiça, Florbela Rocha Araújo, na sua mensagem de boas-vindas, a formação “representa a essência da figura do Provedor de Justiça”.

Ministrada em cooperação com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento-PNUD, a formação visa aumentar a eficiência do sistema de tramitação processual da Provedoria de
Justiça de Angola, cuja parceria já perdura há quase dez anos.

Florbela Rocha Araújo afirmou que o acto está “assente no contexto da actividade internacional do Provedor de Justiça”.

Já a Representante do PNUD em Angola, Denise António manifestou a satisfação pela materialização desta acção, que “vai contribuir para dotar os funcionários de mais habilidades”, face à pretensão da Provedoria de Justiça de implementar o novo Sistema de Gestão de Queixas.

A acção formativa termina amanhã, sexta-feira dia 2 e é dirigida aos funcionários da Provedoria de Justiça, que está cada vez mais empenhada na melhoria da prestação do serviço ao cidadão.

A consultora do PNUD, Mariana Barbosa, é a formadora que, além de ter apresentado os resultados do Diagnóstico do actual Sistema de Gestão de Queixas, trabalhou, com os participantes deste 1.° dia, sobre os produtos, recorrendo-se do “World Coffee”, espécie de uma dinâmica de grupos giratória, com um pivot em cada um deles.

No final, os participantes foram outorgados com diplomas de certificação.

Por definição, para o Provedor de Justiça, “Queixa” é qualquer comunicação sobre violação de direitos e liberdades fundamentais a ele dirigida, independentemente da sua forma, requerendo a sua intervenção.

Anterior União Europeia reafirma cooperação com o Provedor de Justiça no domínio dos Direitos Humanos

Deixe o seu comentário

O Provedor de Justiça é uma Entidade Pública Independente do Estado…

Relações Internacionais

Links Úteis

© 2023 Provedor de Justiça de Angola - Todos os direitos reservados

wpChatIcon