Provedor de Justiça realiza formação Internacional para melhor atender ao Cidadão

Provedor de Justiça realiza formação Internacional para melhor atender ao Cidadão

Provedora de Justiça, entidades angolanas e representantes do corpo diplomático após sessão de abertura

Os princípios da independência na actuação do Provedor de Justiça e a responsabilização dos servidores públicos, destacaram-se entre as  interacções dos participantes e o Membro do Gabinete do Alto Comissário das Nações Unidas para os #Direitos, Isaac Anann, durante a formação sobre a ”Avaliação Comparativa dos Sistemas de Tramitação de Casos do Provedor de Justiça e Outras Instituições de Direitos humanos”, ocorrida nesta quinta-feira (27), na sala de trabalhos do Tribunal Constitucional.

O discurso de abertura coube ao #Ministro das Relações Exteriores, Téte António tendo encorajado os Provedores de Justiça na contínua tarefa de serem “vectores do primado dos Direitos Humanos”.

Na ocasião, a anfitriã, Provedora de Justiça e #Presidente da Rede dos Provedores de Justiça da CPLP, Florbela Rocha Araújo, reafirmou a partilha de experiências com as congéneres da CPLP, perseguindo sempre o objectivo de melhoria no atendimento ao cidadão.

A acção formativa que teve como público alvo Técnicos Seniores da REDE #CPLP e da Provedoria de Justiça de Angola, conta com o apoio do Programa das Nações Unidas para o  Desenvolvimento-#PNUD.

O acto foi brindado com as dignas presenças de Membros do Executivo, do Ministério Público,  Poder Judicial, Representantes de Órgãos da Administração da Justiça, Procuradoria-Geral, Ministério do Interior, Estados membros da CPLP e demais convidados.

Anterior Angola realiza palestra para sindicância da má administração à defesa dos Direitos Humanos

Deixe o seu comentário

O Provedor de Justiça é uma Entidade Pública Independente do Estado…

Acesso Rápido

Relações Internacionais

© 2022 Provedor de Justiça de Angola - Todos os direitos reservados

wpChatIcon