Provedora de Justiça garante mais rigor no cumprimento das tarefas

Provedora de Justiça garante mais rigor no cumprimento das tarefas

A Provedora de Justiça, Antónia Florbela de Jesus Rocha Araújo,apelou os funcionários a priorizarem a defesa da justiça e dos ideiais do Estado Democrático de Direito, denunciando qualquer prática incompatível com os seus valores éticos, deontológicos e morais.

Na sua mensagem de fim de ano, proferida hoje, quinta-feira, 22 de Dezembro, Florbela Rocha Araújo reiterou o compromisso da instituição na defesa dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, tendo afirmado que o actual mandado será cumprido com elevação, intensidade e rigor.

Durante a cerimónia de cumprimentos de fim de ano, a Provedora de Justiça homenageou o então Consultor do Gabinete, Domingos Januário, e a antiga Secretária do malogrado Provedor de Justiça, Carlos Alberto Ferreira Pinto, Maria Cecília da Costa Neto, pelo tempo de serviço e dedicação prestados à Provedoria de Justiça.

Palavras carregadas de emoção e gratidão fizeram-se ouvir dos homenageados, que manifestaram apreço ao gesto da titular.

Na sua alocução, a Provedora de Justiça condenou as atitudes de indiferença, falta de compromisso, actos de impunidade, tráfico de influência, enriquecimento fácil e a violação de um conjunto de princípios administrativos que constam da Lei da Função Pública, que não dignificam enquanto funcionários públicos.

Em gesto de balanço, Florbela Rocha Araújo, realçou o papel que a Instituição desempenhou no corrente ano, à nível nacional e internacional, não só como Directora do Instituto Internacional dos Provedores de Justiça (IOI) região África, mas também, como Presidente da Rede dos Provedores de Justiça da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, (CPLP).

Na mensagem do colectivo de funcionários, dirigida à Provedora de Justiça, foi reconhecido o desempenho da Titular no cumprimento cabal da sua nobre missão.

No encontro, que decorreu no Anfiteatro do Palácio da Justiça, estiveram presentes o Provedor de Justiça-Adjunto, Aguinaldo Guedes Cristóvão, Titulares de Cargos de Direcção e Chefia, Representantes dos Serviços Provinciais e demais Funcionários e Agentes Administrativos da Provedoria de Justiça.

Anterior Provedor de Justiça Celebra 74.º Aniversário da Declaração dos Direitos Humanos com foco em pessoas vulneráveis

Deixe o seu comentário

O Provedor de Justiça é uma Entidade Pública Independente do Estado…

Acesso Rápido

Relações Internacionais

© 2022 Provedor de Justiça de Angola - Todos os direitos reservados

wpChatIcon