Provedora de Justiça profere discurso de encerramento na cerimônia do XXIV congresso da FIFCJ

Provedora de Justiça profere discurso de encerramento na cerimônia do XXIV congresso da FIFCJ

A

A Provedora de Justiça, Florbela Rocha Araújo, participou, hoje (24), na cerimônia de encerramento do XXIV Congresso da Federação Internacional de Mulheres de Carreira Jurídica (FIFCJ), organizado pela Associação Angolana de Mullheres de Carreira Jurídica (AAMCJ).

No acto decorrido no Instituto Sapiens, sob o lema “Efeitos das Mudanças Climáticas: Mulheres em Acção,” as congressistas debateram temas referentes à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre o Clima, Desastres naturais: migrações e deslocações e Mudanças climáticas: acção para adptação e redução do seu impacto.

A advogada brasileira, Vera Lúcia Brumatte, na leitura das conclusões e recomendações do encontro que decorreu de 23 a 24 do mês em curso, referiu que foi possível traçar estratégias voltadas à prevenção de violência contra mulheres e crianças, bem como a preservação do meio ambiente.

No seu discurso de encerramento, a Provedora de Justiça, Florbela Rocha Araújo reforçou a participação activa das mulheres na prevenção de desastres ambientais, mudanças climáticas e desigualdade de gênero.

Florbela Rocha Araújo, primou, de igual modo, por uma maior reflexão sobre os temas abordados no referido congresso, assim como o cumprimento das convenções e acordos, aprovados pelas Nações Unidas, União Africana e América Latina, no período de 2025 a 2050.

Por fim, destacou a necessidade da união das mulheres dos diversos países na prevenção de mudanças climáticas.

Provedor de Justiça,

17 anos na defesa dos Direitos, Liberdades e Garantias dos Cidadãos

DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA, 24 de Maio de 2022.

Anterior Assembleia nacional aprova relatório anual do Provedor de Justiça de 2021 por unanimidade

Deixe o seu comentário

O Provedor de Justiça é uma Entidade Pública Independente do Estado…

Acesso Rápido

Relações Internacionais

© 2022 Provedor de Justiça de Angola - Todos os direitos reservados

wpChatIcon