Provedoria de Justiça ausculta família com má formação congénita em OMUFITU UNENE

Provedoria de Justiça ausculta família com má formação congénita em OMUFITU UNENE

Provedoria de Justiça ausculta família com má formação congénita em OMUFITU UNENE

O Chefe do Serviço Provincial da Provedoria de Justiça do Cunene, Eusébio Vaenduanawa, auscultou, ontem, (23), uma família que padece de má formação congénita hereditária, conhecida por Haidinguili, na povoação de Omufitu Unene, em Ondjiva.

Eusébio Vaenduanawa, foi acompanhado, pelo Administrador Comunal Adjunto de Ondjiva, Edmundo Ndipolifa e pela técnica, Idalina Alexandre Kafute.

No local, constatou-se que a respectiva família é composta por 67 membros, agrupados em 5 residências, com idades compreendidas entre 0 aos 73 anos.

Em audiências, os senhores Jeremias Kalifeni, Emilia Ndaponi, Celeste Nghendepunhe, Maria Delfina e Gabriel, na qualidade de responsáveis das 5 residências, manifestaram a preocupação relativa à falta de apoio com bens alimentares desde o ano passado, bem como a inundação das suas residências nos períodos chuvosos.

No mesmo sentido, os responsáveis, revelaram dificuldades no acesso à água, registo de nascimento para as crianças e no tratamento do Bilhete de Identidade.

Anterior Provedoria de Justiça promove encontro de auscultação com a Comissão de moradores do Bairro Bela Vista

Deixe o seu comentário

O Provedor de Justiça é uma Entidade Pública Independente do Estado…

Relações Internacionais

Links Úteis

© 2024 Provedor de Justiça de Angola - Todos os direitos reservados

wpChatIcon